Pular para conteúdo 
Зеленый кофе

O autor

Carlos Eduardo de Souza, Front-End Developer & Interface Designer na Coopers Digital Production, dedica seu tempo para o desenvolvimento de uma Web mais acessível. Possui certificado W3C em Mobile (sites e web apps) e HTML5.

Portfolio e blog sobre Web Standards – project.47, de Carlos Eduardo de Souza

Topo 16/04/06

Adoção dos padrőes W3C pela ABNT

Está correndo na net, uma petição solicitando a adoção das normas da W3C pela ABNT (Associação Brasileira de Normas e Técnicas) na criação de websites em nosso país. Se isso acontecer, será muito bom pois estará regularizando e deixando, totalmente claro, a importância dos padrőes no desenvolvimento web.

Link para deixar sua assinatura na petição:

www.petitiononline.com/we6k7496/petition.html

Topo 15/04/06

Globo.com tableless

Ao ler este título, poderíamos ter uma boa ilusão de que mais um portal estaria finalmente adequando a forma como seu site é feito, alternando para a maneira certa de construir layouts.

Em partes isso está certo, porém, se analizarmos o código, pode-se perceber facilmente muitas linhas em branco, o que deixa o site muito mais pesado!

De acordo com o blog do Bruno Alves, uma página que tinha 54k de tamanho, caiu para 38k, somente apagando as linhas brancas, dando uma economia de 16k por página!

Isso no final das contas, calculando em média, claro, daria uma economia de 2,4T (2400 giga) por męs!!

Imagina o quanto não estão economizando usando tableless e quanto não economizariam tirando essas linhas brancas de seu código fonte…

Topo 13/04/06

Format CSS Online

Não conhece nenhuma ferramenta que formate CSS de acordo com o seu jeito de desenvolvę-lo?

No site www.lonniebest.com/FormatCSS/ há um formulário em que vocę pode colar seu CSS e especificar algumas opçőes de modo que, de acordo com o que foi escolhido, o sistema formate seu CSS.

Muito bom para manter um padrão em sua formatação, agilizando na leitura e atualização de suas folhas de estilo.

Topo 10/04/06

ViscountBox.com no ar!

Agora vai!

Estamos em fase de desenvolvimento do site da Viscount Box Design (empresa na qual sou sócio). Atualmente, utilizamos um tema pronto para WordPress mas, em breve, estaremos colocando o nosso próprio layout.

Por enquanto, estamos cuidando da tradução do mesmo e da formulação do conteúdo. Em breve estará tudo OK.

Link para o site da VBox Design: www.viscountbox.com

Topo 10/04/06

Usar o WordPress para fins comerciais

Estava conversando com o Lincoln (primo e sócio na Viscount Box Design) sobre a possibilidade de utilizarmos o WordPress como CMS em nossos futuros projetos, tanto em nossos sites (meu portfolio e o do Lincoln) como os de nossos clientes! Poupando tempo de desenvolvimento de uma plataforma padrão para gerenciamento de conteúdo, com uma padronização do serviço, garantindo muito mais agilidade no decorrer do projeto.

Porém, uma barreira que poderia atrapalhar tudo isso, seria a legalização do uso da plataforma para fins comerciais e, provando como realmente se trata de um sistema fantástico, podemos sim utilizá-la legalmente para tal propósito. Veja, abaixo, um trecho do texto presente no site oficial, tratando sobre o assunto:

You are also free to do whatever you like with the WordPress code, extend it or modify in any way or use it for commercial projects without any licensing fees. That is the beauty of free software, free meaning not only price but also the freedom to have complete control over it.

O link direto para o texto na íntegra está neste endereço: http://wordpress.org/about/features/

Topo 08/04/06

Os melhores 2.0!

Saiu a lista com os melhores sites Web 2.0 que, além de se encaixarem no perfil de um site verdadeiramente “2.0”, prestam um ótimo serviço.

Há uma diversidade muito grande de serviços e, com certeza, vocę poderá encontrar algum interessante para fugir dos programas chavőes e, de repente, facilitar alguma coisa em suas tarefas também.

Aliás, estou postando esta notícia através do Writely que foi considerado o número 1 na categoria “Collaborative Writing & Word Processing” e recentemente adquirido pelo Google.

Para visitar o site da lista, entre no endereço abaixo:

http://web2.0awards.org/

Topo 08/04/06

Você já usou Microformats?

Ainda não me aprofundei muito neste assunto mas falando, bem resumidamente, pode-se dizer que os Microformats são meta informaçőes que auxiliam na compreensão do conteúdo de seu site, seja por um humano ou uma máquina.

Como o próprio nome já diz, as meta informaçőes são palavras que não aparecem num primeiro momento para o usuário, mas estão presentes no código-fonte do site. Em linhas gerais, essas meta informaçőes são mostradas como classes de spans, divs, etc. classificando o conteúdo que está inserido em cada “bloco” de informação.

E para haver coeręncia, óbviamente devem-se seguir padrőes para tal e desenvolver-se um site semânticamente correto. Portanto, recomendo alguns sites para uma leitura mais aprofundada sobre o assunto, mostrando muitas outras utilidades dos Microformats:

Para não ficar por fora, no link “Bio” aqui deste site, inseri meu hCard que é uma forma de Microformats e recomendo utilizá-lo!

Topo 07/04/06

Pra que serve o tableless?

Muita gente comenta sobre a provável “limitação” em termos de design, quando se fala de tableless. Até podemos dizer que há uma certa padronização do design em algumas páginas, mas não levo isso pelo lado negativo, pois se trata somente de um estilo que as pessoas seguem, e não de uma limitação imposta pela técnica do tableless.

Porém, o que muitos ainda não perceberam, é que o tableless proporciona exatamente o contrário: expande infinitamente os horizontes (comparando-se com o uso de tabelas para a construção de layouts), deixando a criatividade do webdesigner fluir mais facilmente.

Continuar lendo…

Topo 05/04/06

DIVless? Ah não!

Encontrei um blog comentando sobre a construção de layouts sem a utilização de divs. Seu argumento é que os browsers antigos não “sabem” o que são as divs e, portanto, deveríamos utilizar listas na construção dos layouts.

O autor até possui seus argumentos mas, para mim, não são convincentes. É muito estranho e até feio ver o código fonte do site dele, cheio de listas para a definição do layout.

Bom, só vendo pra crer:

DIVless – No DIVs. No TABLEs.

Topo 03/04/06

Quer inspiração?

Se vocę, assim como eu, adora um site que tem ŕ disposição uma galeria cheia de sites com designs legais e, melhor, que utilizam CSS, aí vai o link para um site que disponibiliza vários links para esses tipos de sites e é atualizado de acordo com os feeds enviados por cada um deles:

gallerize

Links Randômicos
Meta
Apoio
Créditos
Creative Commons