Pular para conteúdo 
Зеленый кофе

O autor

Carlos Eduardo de Souza, Front-End Developer & Interface Designer na Coopers Digital Production, dedica seu tempo para o desenvolvimento de uma Web mais acessível. Possui certificado W3C em Mobile (sites e web apps) e HTML5.

Portfolio e blog sobre Web Standards – project.47, de Carlos Eduardo de Souza

Topo 26/09/08

1º Fórum W3C Brasil

Como já comentei aqui anteriormente, foi inaugurado o escritório brasileiro da W3C, o que é uma verdadeira honra poder contar com uma sede da organização em nosso país.

Os resultados dessa iniciativa já podem ser percebidos: acontecerá na próxima terça-feira, dia 30 de Setembro, o 1 Fórum W3C Brasil, com o intuito de discutir padrőes em acessibilidade, usabilidade, mobilidade, web semântica e TV Digital. Além da discussão destes assuntos, há a intenção de reunir os atuais colaboradores e encontrar novos contribuintes para o trabalho da W3C no Brasil.

O evento será fechado a convidados e, felizmente, poderei comparecer ao evento (juntamente com o Gustavo Krause) em nome da Mídia Digital, que se mostra comprometida com a área do desenvolvimento em Web Standards.

Chego de São Paulo na própria terça-feira e, obviamente, passarei aqui no blog para escrever mais sobre as impressőes do evento.

Topo 12/09/08

Sexta-feira dos Web Standards #15

A décima quinta edição da Sexta-feira dos [tag]Web Standards[/tag] está bem interessante, contando com links nacionais e estrangeiros, que abrangem assuntos desde os conceitos dos Web Standards até a relação de image replacement com o Google. Então vamos ŕ lista:

  • As premissas da Web Semântica – Precisa dizer mais? Este artigo aborda de maneira bem clara o que é essa tal de Web [tag]Semântica[/tag] e a importância de seu compreendimento no desenvolvimento de sites. Para quem está começando no mundo do desenvolvimento Web, é um artigo de extrema utilidade.
  • Design para CSSers – Outro grande artigo do Luli, agora abordando certos conceitos de Design que são extremamente essenciais para qualquer desenvolvedor de HTML e [tag]CSS[/tag]. Na verdade, costumo falar muito aqui sobre a necessidade dos Web Designers saberem sobre CSS, mas o contrário também deve acontecer. Claro, falo isso no sentido profissional, ou seja, aqueles que trabalham com Web Standards, assim como eu, devem ter conhecimentos sobre Design, mas não temos como exigir que um programador saiba de tudo isso ao mesmo tempo!
  • Image Replacement + Google – Ahh, a velha discussão sobre image replacement e o Google. Este artigo vem elucidar muita coisa sobre o assunto, mostrando principalmente que não temos a perder com esta técnica, somente devemos ter certas precauçőes ao utilizá-la.
  • Using CSS to Fix Anything: 20+ Common Bugs and Fixes – Como o próprio nome diz, este é um artigo que mostra diversas técnicas de CSS para corrigir bugs que enfrentamos corriqueiramente, seja com browsers (leia-se Internet Explorer) ou com propriedades que os desenvolvedores não conhecem muito bem e acabam tendo dificuldades, como o bom e velho float.
  • Cheat Sheets for Front End Developers – Coleção de cheat sheets, ou seja, aqueles guias rápidos com propriedades e elementos a serem utilizados naqueles momentos que esquecemos a nomenclatura ou modo de uso. Excelente link para todos nós, Front End Developers e, claro, para quem não é da área e precisa daquela consulta rápida para resolver algum problema de última hora.
  • Finding Harmony Between Categories and Tags on Blogs – Para finalizar, este artigo que acabei achando de última hora ajuda principalmente os blogueiros iniciantes, que não sabem a diferença entre tags e categorias, mostrando em quais casos é melhor usar um ou outro. O importante é ter bom senso principalmente na hora de usar as tags!
Topo 08/09/08

Hospedagem com espaço e transferência ilimitados

Quer assinar um dos melhores serviços de hospedagem do mundo, com espaço em disco e transferęncia ilimitados?

Para comemorar seus 10 anos de vida, o Dreamhost lançou esta promoção e para participar é simples, basta visitar o site do Dreamhost e se cadastrar para obter este ótimo benefício.

E aqueles que ainda tęm dúvida sobre a qualidade do serviço não se preocupem, grandes sites já utilizam (além do project.47), e nós da Viscount Box Design indicamos este serviço para nossos clientes.

Topo 03/09/08

Google Chrome: novo browser para as massas?

Com o lançamento da versão beta do navegador do Google, chamado Google Chrome, houve uma grande movimentação entre o pessoal de tecnologia, principalmente para nós, que desenvolvemos sites e devemos estar atentos ŕ este tipo de novidade.

Como uso Mac em casa, não pude testar anteriormente, assim demorei um pouco para escrever sobre ele.

Mas a impressão inicial é muito boa, começando pela instalação bem objetiva, rápida e, principalmente, simples. Aliás, a palavra simplicidade é o grande mote deste navegador, assim como a maioria dos serviços oferecidos pelo Google. Mostra-se uma agilidade enorme no processamento de JavaScripts, mostrando que o browser veio mesmo para solidificar a base dos aplicativos Web, como Gmail, Google Docs, entre tantos outros, não necessariamente controlados pelo Google.

Imagem do navegador do Google, o Google Chrome

O pessoal aqui da agęncia ficou bem empolgado quando notou uma espécie de Firebug nativo do navegador, assim como o Opera Dragonfly, mas nada que se compare a famosa extensão para o Firefox.

Outro ponto interessante, é que cada aba aberta funciona de maneira independente, sendo tratada como um novo aplicativo, ou seja, caso uma aba trave devido a algum bug do programa ou site específico, vocę pode simplesmente fechá-la sem que o navegador seja prejudicado.

Na questão da interface foram feitas algumas implementaçőes interessantes, garantindo uma grande área útil para visualização dos sites. Um detalhe é a barra de status, que só aparece quando necessário, além do posicionamento das abas, acima da barra de endereços, como no Opera.

Boa chance para converter os usuários comuns

Pois é, fica uma questão muito interessante. Caso o Google faça uma boa divulgação dessa nova ferramenta, muito simples de usar, creio que haverão boas chances de havermos uma grande adesão ao navegador. Acho que essa seja a sugestão perfeita para vocę indicar a seus pais, por exemplo, a trocar de navegador. Se eles achavam o Firefox meio complicado de usar, tenho certeza que não encontrarão dificuldade com o Google Chrome.

Imagine se este navegador, por carregar o nome do Google, consegue pegar uma boa fatia do mercado, que ainda usa Internet Explorer 6? Será uma grande conquista para nós, desenvolvedores.

E a renderização, como ficou?

Como a engine de renderização é a WebKit, ou seja, a mesma do Safari, podemos ficar seguros em utilizar um browser totalmente adaptado aos Web Standards, deixando usuários e desenvolvedores felizes.

Inclusive já foi divulgada uma tabela com diversos seletores CSS e o suporte oferecido pelo Google Chrome que, diga-se de passagem, é espetacular.

Para aqueles que se preocupam com o resultado no Acid 3, o browser se saiu muito bem, ficando na frente de Firefox 3 e Internet Explorer 7 com 78 pontos (média), mesmo se tratando de uma versão beta. Mas, para ficar claro, a versão 3.1 do Firefox já conseguiu chegar a pontuação 85, mostrando que o pessoal da Mozilla não dormiu no ponto.

Links Randômicos
Meta
Apoio
Créditos
Creative Commons