Pular para conteúdo 
Зеленый кофе

O autor

Carlos Eduardo de Souza, Front-End Developer & Interface Designer na Coopers Digital Production, dedica seu tempo para o desenvolvimento de uma Web mais acessível. Possui certificado W3C em Mobile (sites e web apps) e HTML5.

Portfolio e blog sobre Web Standards – project.47, de Carlos Eduardo de Souza

Blog

Topo 17/05/07

A Web 2.0 está ficando saturada

Lendo este artigo, decidi refletir sobre o que está acontecendo com a Internet atualmente, e tenho de concordar, a [tag]Web 2.0[/tag] vem perdendo seu foco, se comparada com sua “origem”, por assim dizer.

Lembro-me que, inicialmente, os sites enquadrados neste estilo, destacavam-se pela funcionalidade, tanto na parte visual (design mais limpo e agradável, além da usabilidade) quanto na parte interna do site, baseando-se em novas utilizaçőes para tecnologias já existentes, como AJAX, além de outras novas tecnologias, beneficiando o usuário.

Porém, com a difusão do termo e o fato de certas pessoas verem neste “ramo” uma oportunidade de ganhar dinheiro, o termo “Web 2.0” acabou tornando-se um verdadeiro buzzword, e seus fundamentos distorcidos. As aplicaçőes de AJAX viraram sinônimo de efeitos visuais (drag’n drop, por exemplo), o [tag]design[/tag] teve seu fundamento baseado em degrades, reflexos, etc., além da usabilidade, presente, somente, em fontes com tamanho maior do que o convencional.

Claro, sempre há os bons exemplos, como os próprios blogs, originados anteriormente, mas que tiveram seu auge justamente nesta época de mudanças na Internet. Porém, o que podemos fazer para mudar este panorama com a perda de valores e mudança de significado para as bases fundamentais dessa “nova” Web?

  • Como sempre, estudar cada caso, dependendo das necessidades, pois não é necessário utilizar determinado recurso só pelo fato de ser uma tendęncia, mas pela realidade na qual se está contextualizado;
  • Faça seus projetos de acordo com os Web Standards, isso assegurará a qualidade do seu serviço, possibilitando usuários de dispositivos diferentes, além de deficientes terem a oportunidade de acessar seu conteúdo;
  • Bom-senso é a palavra de ordem, não exagere na complexidade ou simplicidade, devido a grande concorręncia, requerendo inovaçőes em seus projetos.

O objetivo deste post é a reflexão sobre o caminho pelo qual estamos passando. Acho que, em certos pontos, as tendęncias estão passando dos limites; então para que devemos nos enquadrar nos padrőes e parecermos iguais a todos?

Assuntos: Web 2.0, Web Design
Trackback Feed deste artigo

2 comentários para "A Web 2.0 está ficando saturada"

  1. Felipe Ranieri | 22/05/07 - 9:31 am

    Sempre teremos os “espertinho” no meio do caminho, aqueles que do dia para noite passam a defender com unhas e dentes algo que não sabem explicar por que é melhor, cabe a nós, profissionais, desenvolvedores, divulgadores dos padrőes, fazermos nossa parte, não deixarmos a peteca cair, por que eu tenho certeza que, como em toda “moda”, esses “experts da web2.0” não vão durar muito.

    Abraços!

    Topo
  2. Lincoln Alves | 28/05/07 - 6:02 pm

    OLhaa!!! Criaram layers styles para o Photoshop para o processo de cópia ficar mais fiel !

    Realmente. Mas acho que é uma tendęncia normal para tudo; assim como é para a arte em geral, nas pinturas em tela também: com as escolas (rococó, barroco, de stijl…), uns fazem, os outros seguem por um booommm tempo sem criaçőes muito diferentes daquela original.

    Topo
Comente este artigo
  1. (obrigatório)
  2. (obrigatório)

Links Randômicos
Meta
Apoio
Créditos
Creative Commons