Pular para conteúdo 
Зеленый кофе

O autor

Carlos Eduardo de Souza, Front-End Developer & Interface Designer na Coopers Digital Production, dedica seu tempo para o desenvolvimento de uma Web mais acessível. Possui certificado W3C em Mobile (sites e web apps) e HTML5.

Portfolio e blog sobre Web Standards – project.47, de Carlos Eduardo de Souza

Blog

Topo 17/08/07

Campanha para bloqueio do Firefox

Por essa eu não esperava. Esse tipo de iniciativa era comum nos primórdios da Internet, durante a “guerra” entre os browsers dominantes do momento: Internet Explorer e Netscape. Cada um possuía seus recursos que acabavam por não ser interpretados pelo outro, o que prejudicava muito os desenvolvedores, além de dividir as duas partes, ao invés de unificá-las.

Nesta época na qual está havendo a consolidação dos Web Standards, prega-se essa padronização para que, ao desenvolver o site para um navegador, este funcione para todos. Sim, sabemos que se trata de algo utópico, mas já estamos num patamar muito mais avançado do que nos tempos citados anteriormente.

Agora, a questão é outra. Este site lançou uma campanha incentivando o bloqueio ao Firefox, pois este dispőe uma extensão na qual o usuário bloqueia qualquer tipo de anúncio, prejudicando os desenvolvedores e donos dos respectivos sites. Segundo a campanha, esse tipo de ação está contra os direitos de quem está anunciando, prejudicando seus negócios. Então, a única alternativa seria bloquear este navegador, forçando o usuário a acessá-lo por outro navegador.

Não preciso nem dizer que sou completamente contra a esse tipo de atitude, pois estamos tratando da liberdade do usuário querer ver ou não os anúncios e, creio que seja perfeitamente aceitável a disponibilidade desse tipo de extensão. Ninguém é obrigado a utilizar, somente quem não deseja ver tais anúncios irá instalar.

Ou vocę pensa que uma pessoa que deseja bloquear os anúncios acabaria clicando neles mesmo assim?

Assuntos: Browsers, Firefox
Trackback Feed deste artigo

6 comentários para "Campanha para bloqueio do Firefox"

  1. Filipe Kiss | 17/08/07 - 11:30 am

    Onde esse nosso pobre mundo vai parar? E além do mais… a extensão já não é mais exclusiva do firefox… O Próprio iE tem uma extensão semelhante ao GreaseMonkey que permite, com um script, bloquear anúncios… OU seja, eles fecham as portas da frente, e nós entramos pelas portas do fundo. (Não. Isso não é uma apologia a fazer backdoor :)

    Topo
  2. Muniz | 17/08/07 - 12:37 pm

    Ainda bem que isso nunca vai pegar.

    Topo
  3. University Update - Firefox - Campanha para bloqueio do Firefox | 17/08/07 - 1:08 pm

    […] Link to Article firefox Campanha para bloqueio do Firefox » This excerpt is from an article posted […]

    Topo
  4. Lincoln Alves | 17/08/07 - 3:45 pm

    Nossa!

    Que atitude pouco-inteligente do site hein… ainda mais em tempos de “web 2.0” que o usuário tem participação e é mais valorizado – e não querem dar a ele o direito de bloquear os anúncios?

    Realmente, quem quer ver anúncios não vai ativar a instalação, claro!

    Topo
  5. Andre | 26/08/07 - 10:20 pm

    e o que fazer quando a utilização do site (acesso ao conteúdo) está obrigatoriamente associada ao fato do usuário concordar em ver os anúncios do mesmo.

    Topo
  6. Alaor | 26/04/08 - 10:55 am

    Imaginem se eu for a um shopping e ter obrigatoriamente de entrar em uma loja para ver o que essa está vendendo. Felizmente, vivemos num estado democrático de direito e não somos obrigados a aceitar alguém a nos empurrar algo pela goela adentro…

    Topo
Comente este artigo
  1. (obrigatório)
  2. (obrigatório)

Links Randômicos
Meta
Apoio
Créditos
Creative Commons