Pular para conteúdo 
Зеленый кофе

O autor

Carlos Eduardo de Souza, Front-End Developer & Interface Designer na Coopers Digital Production, dedica seu tempo para o desenvolvimento de uma Web mais acessível. Possui certificado W3C em Mobile (sites e web apps) e HTML5.

Portfolio e blog sobre Web Standards – project.47, de Carlos Eduardo de Souza

Blog

Topo 09/10/06

Significado é tudo

Ao tentar conversar com outras pessoas de regiőes/estados diferentes, algumas falam gírias que ŕs vezes nem entendemos. Imagina quando falamos com pessoas de outro país, que utilizam outra língua para se comunicar, seria impossível transmitir nossas idéias (pelo menos através da fala e escrita).

Penso que no caso da Web o caso seja bastante semelhante. Mas desta vez não estou falando da língua do conteúdo, mas o modo como o site é desenvolvido.

O princípio básico para que haja comunicação é que haja alguém que esteja enviando a informação e alguém que a receba. Porém, se os dois não se comunicarem de uma forma em que ambos se identifiquem, como seria possível um entendimento entre as partes?

Um site bem feito atinge este objetivo. Sua linguagem é bem interpretada tanto por humanos como por máquinas (ex: sistemas de busca orgânicos) e pode ser visualizado em diversos sistemas operacionais, navegadores, plataformas, etc. Isso é a verdadeira Web, atingindo o máximo número de usuários possíveis.

Mas, para realizar isso, não devemos nos ater apenas ao desenvolvimento de sites com divs e mais divs, mas devemos aplicar um significado para tudo no conteúdo. Seja nos títulos, nas listas, nos parágrafos, nos links, nas imagens e, com a ajuda dos microformats isso fica muito facilitado.

Por isso gostaria de frizar aqui que não existe Web Standards sem semântica, sem darmos o valor que cada parte do conteúdo possui. Sendo assim, ao iniciar um novo trabalho, procure fazer a marcação correta de seu conteúdo (princípio básico do HTML) para que possa ser entendido por todos.

Trackback Feed deste artigo

2 comentários para "Significado é tudo"

  1. Eugenio Grigolon | 10/10/06 - 10:35 am

    “[…]não existe Web Standards sem semântica[…]”.

    Não precisa dizer mais nada. Muito bom artigo. Parabéns!

    Topo
  2. Carlos Eduardo de Souza | 10/10/06 - 2:19 pm

    A semântica é um fator essencial para o desenvolvimento de um site dentro dos padrőes.

    É inadmissível considerarmos um site que não seja feito de tal maneira, pois estaria indo justamente ao contrário das propostas básicas do “movimento”, por assim dizer.

    Topo
Comente este artigo
  1. (obrigatório)
  2. (obrigatório)

Links Randômicos
Meta
Apoio
Créditos
Creative Commons